Vai calçar um chinelo!

O tecido agradeceu ao chão numa conversa rápida. Não se ouviu palavra. A manada de gestos solitários não souberam da minha observação – no entanto gestos que nunca fez. – Alguns passos para a direita, suposições de cliques na mais moderna máquina fotográfica e pronto. A cirurgia foi um sucesso, a calma e o sentar no chão definiram o que naquela noite entendi como brilho – seus dentes brilham caminhos e o corpo inteiro goza. – Sorri enquanto trabalha e provoca cantaroladas estranhas – cá estou eu absorvendo: doçura, brilho, humor, inteligência e força.

Separados pela porta de vidro como duas árvores pela palavra imensa, escondi o ingresso na mão na tentativa de comunicar, que fosse para ele, a beleza daqueles movimentos: Descalça, esfregando o calcanhar no piso claro – pequenos motores como alvo do teu olhar – a dança na topografia da córnea. Tarefa difícil, o único recurso disponível foi a visão e o ingresso não estava para conversa – encostei o ombro na parede e deixei os olhos aprisionados na dança-trilha. A máquina de música, o vidro, o teu movimento e eu atrás de tudo, recolhendo pegadas como numa espionagem estética. Faltou-me céu, não esse em que podemos ver ovnis, mas aquele que ofende, o que reage ao ruído como uma ofensa pessoal, sabe?

Os passos – antes deles, o sorriso – e ainda antes, a mensagem:

Vai calçar um chinelo! – e só então tiveram a minha pausa como alvo. Fomos parte de uma grande alegoria – integrante-espectador – que ficou conhecida, entre os encantamentos, como o mais afônico dos abraços e o mais exato dos passos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s